Você está começando a organizar seu itinerário de viagem pela Itália e surgiu a dúvida: como fazer os deslocamentos pela Itália? Como ir de uma cidade para outra, que tipo de transporte usar para passear nas várias cidades, como ir do aeroporto / porto / estação de trem até o seu hotel?

O importante é que você saiba que não existe uma escolha certa ou errada, melhor ou pior. É uma escolha muito pessoal, que depende do estilo, do budget e dos sonhos de cada um. Se você sonha em dirigir pelas estradinhas da Toscana, a dificuldade será apenas em escolher o tipo de carro que você deve alugar!

Se a sua principal preocupação for o custo do transporte, vale a pena levantar diversos orçamentos para avaliar a opção mais econômica para a sua viagem.

Não dá para dizer se é mais barato alugar um carro ou viajar de trem sem saber exatamente quantas pessoas viajam, quais trechos você precisa fazer e em que dia você viaja.

Talvez você não saiba, mas os preços variam de acordo com a estação do ano e às vezes mudam dependendo do dia ou hora que você parte. E me refiro tanto aos preços tanto do aluguel de carro quanto da compra de uma passagem de trem, por exemplo. Por isso, se o objetivo é economizar pegue o calendário, estude direitinho os trechos que quer fazer (exemplo: Roma-Florença) e boa pesquisa!

Alugar um carro pode ser uma ótima opção que você pode levar em consideração para determinados trechos da viagem ou para toda a viagem na Itália / Europa.

aluguel_carro_italia

Vantagens do aluguel de carro

– Você tem liberdade de escolher seu itinerário: pode visitar todas as cidades e lugares que tiver vontade e não depende da existência de transporte público. Uma ótima pedida, por exemplo, para passear pela Toscana ou descobrir os lugares incríveis da Sicília.

– Você tem liberdade de horário: não corre o risco de perder o último trem ou ônibus do dia, não tem que passar tempo esperando pelo próximo ônibus (embaixo do sol tórrido de verão ou do frio gelado no inverno).

Pode ser uma alternativa econômica se você viaja em 3 ou mais pessoas: ao contrário do que muita gente pensa, o transporte público nem sempre é a forma mais barata de viajar. Por isso faça as contas! As passagens de trem de alta velocidade para 4 pessoas mais os eventuais transfers de/para a estação podem sair mais caros do que o aluguel do carro.

– Você pode parar onde quiser para tirar fotos!

Parada para tirar fotos: essa foi no caminho de Florença ao The Mall
Parada para tirar fotos: essa foi no caminho de Florença ao outlet The Mall

Desvantagens em alugar um carro

Preocupação em decidir o caminho a fazer: se você não conhece bem o caminho vai precisar de um navegador do tipo Tom Tom e mesmo assim saiba que ele pode te indicar o itinerário errado! Seguindo as indicações do Tom Tom, por exemplo, já aconteceu de eu ir parar em uma estrada de terra no meio do nada quando existia uma alternativa bem mais confortável. Ou pior: me indicar uma rua onde é proibido circular com carros!

Atenção com os radares: quem disse que você poderá andar a toda velocidade com o carro recém alugado? Cada tipo de estrada na Itália possui um limite de velocidade diferente que varia de 50km/h até 130km/h. E prepare-se porque se você superar a velocidade permitida tem sempre um radar (em italiano, autovelox) prontinho para te multar!

placas_de_transito

Onde estacionar pode ser um problema não apenas em grandes cidades como Roma, Milão e Florença, mas também em pequenos burgos históricos onde o carro não pode circular em determinadas áreas. Em outras palavras: nem sempre você pode ir de carro até a porta do seu hotel ou da atração que quer visitar. Às vezes será necessário estacionar longe.

– Pagar estacionamento pode sair caro: muitas vezes você terá que pagar para estacionar na rua (em cidades como Milão pode custar até 2 euros cada hora!). Além disso, às vezes a melhor alternativa é uma garagem. Só que uma garagem em Florença pode custar tranquilamente 20 euros por noite. Por isso vale a pena estudar os estacionamentos com antecedência se o objetivo é economizar!

Dirigir com condições meteorológicas não favoráveis pode ser cansativo! Pegar nevoeiro, chuva forte, neve requer atenção em dobro e é uma preocupação a mais para suas férias…

Necessidade de identificar as ZTL: As Zonas de Tráfego Limitado estão presentes em muitas cidades (nas principais, com certeza). São áreas centrais proibidas ao tráfego de pessoas não autorizadas (nós) sinalizada apenas por placas (sem cancelas) e vigiadas por câmeras (que multam). Temos que ficar muito atentos, pois elas variam conforme o horário e dias da semana (às vezes temos que descer do carro e perguntar se é proibido transitar por ali). Mesmo o GPS pode nos levar direto a elas, então, quem for de carro (experiência maravilhosa principalmente na Toscana), dê uma boa pesquisada nas ZTL. [esta foi uma ótima dica do Ricardo Röver Machado]

Dirigir com nevoeiro, neve, chuva forte requer atenção em dobro!
Dirigir com nevoeiro, neve, chuva forte requer atenção em dobro!

Obviamente você pode contornar esses problemas alugando um carro com um motorista.

E você, já alugou carro na Itália? Que empresa usou? Compartilhe sua experiência contando por que valeu (ou não) a pena!

49 COMENTÁRIOS

  1. […] Quando vale a pena alugar carro: na minha opinião viajar de carro é aconselhável em três situações. Situação 1: para quando você está em 3 ou mais pessoas; situação 2: quando é a estrada que importa (por exemplo: uma viagem pelas estradinhas de Chianti); situação 3: quando não dá para chegar no seu objetivo com o transporte público normal ou quando até dá, mas seria muuuuito cansativo pelo excessivo número de baldeações tipo ônibus + trem + trem + ônibus e invés de empregar 2 horas você chegaria lá depois de 8! […]

  2. Estamos planejando alugar um carro em Roma e seguir no dia seguinte a Assis, seguir para Siena, Florença e Milão. É possível usar o sistema de car-sharing para pegar o carro em Roma e devolvê-lo em Florença ou em Milão? Ou o car-sharing só pode ser usado na própria cidade em que ele é disponibilizado?

  3. Ola, Barbara

    Gostei bastante de seus comentários sobre transporte, estou viajando para Milão e vou até Florença depois desço para Nápoles, estava pensando alugar um carro mais não tenho nenhuma experiencia na Italia, gostaria de saber de as estradas são boas pois gostaria de fazer a ligúria e a toscana de carro, me dê algumas dicas, vale apena ir de Florença para Nápoles de carro ou de trem, gostaria de um guia brasileiro nessas cidades maiores, tem alguma indicação.

  4. Oi Roberto, tudo bem?
    As estradas da Itália costumam ser muito boas, especialmente as “Autostrade” como a A1 que vai de Milão até Nápoles passando por Bolonha, Florença e Roma. As estradinhas menores às vezes são um pouco menos boas, mas nada dramático.
    Sobre se vale a pena ir de carro ou trem depende de você como expliquei no artigo. De Milão- Florença – Nápoles é rapidinho de trem, mas se você for passear pelo interior da Toscana o carro pode ser mais indicado. Cinque Terre também tem o seu charme de trem (mas por que você não vai até a Costa Amalfitana?)
    Sobre o guia brasileiro, neste site http://guias.brasinaitalia.net você encontra a relação, geralmente cada um trabalha em uma cidade específica, mas você pode contactá-los e explicar o que deseja.
    Um abraço e boa viagem,
    Barbara

  5. Olá Barbara, estou indo para a Italia em Outubro pela segunda vez este ano. Estamos em 5 pessoas sendo uma delas criança. Vamos nos hospedar em Roma e gostaríamos de alugar um carro para conhecer as cidades próximas como Orvieto, Tivoli, Civita di Bagnoreggio… é viável? Para ir a cidades mais distantes como Firenze e Veneza compensa ir de trem?
    E para circular na cidade de Roma é preferível utilizar carro ou taxi/onibus pela dificuldade do trânsito e da falta de vagas

  6. Olá Carolina,
    Dá para alugar um carro tranquilamente, você só tem que pesquisar por um veículo grande, com capacidade para todo mundo e a bagagem de todo mundo.
    Eventualmente pode valer até a pena um serviço com motorista brasileiro: você provavelmente não gasta muito mais e não tem que pensar em nada: estacionamento, estrada, radar.. É só relaxar e curtir. Recomendo a Elmocar, uma empresa bastante profissional e séria:
    http://guias.brasilnaitalia.net/transfer/elmocar-roma/
    Um abraço,
    Barbara

  7. Olá, Bárbara! Pretendo ir para a Itália em dezembro e gostaria de saber se compensa ir de carro de Veneza a Roma, em duas pessoas. A estrada é tranquila? O preço é razoável? Obrigada!!

  8. Ola Andreia,
    A estrada até é tranquila, mas é melhor você fazer as contas e avaliar suas prioridades baseada nas dicas do texto acima. Um abraço e boa viagem!

  9. Bom dia, Vou para itália ano que vem em setembro somos quatro adultos e uma criança de 7 anos…. vamos passar 10 dias, gostaria de conhecer roma, florença, veneza, verona, milão e costa amalfi, pisa será que dá pra conhecer tudo isso em 10 dias? seria melhor alugar um carro ou trem….. me ajuda… por favor

  10. Até dá para conhecer tudo, fica meio corrido.. Como vocês estão em praticamente 5 pessoas, mais eventuais malas, pode valer a pena fazer os deslocamentos com um motorista particular na Itália. Você pode consultar por exemplo uma agência como a Visitando Italia (http://transporte.brasilnaitalia.net/visitando-italia-sua-agencia-brasileira-na-italia/ ) ou a Elmocar (http://transporte.brasilnaitalia.net/elmocar-transfer-roma/) assim você economiza tempo, stress com os deslocamentos e faz a viagem render. Depois me conta o que decidiu e como foi. Um abraço, Barbara

  11. Eu de novo…. enviei um e-mail as agências e me cobraram 640,00 euros por dia…. achei muito salgado, o aluguel do carro sai bem mais barato…..

  12. Oi Deisy,
    Obrigada pelo seu feedback.
    Geralmente o carro com motorista é a opção mais confortável para quem não quer pensar em nada.
    Recomendo que para o aluguel de carro faça as contas incluindo também o valor de estacionamentos, pedágios e combustível. Ainda assim ficará mais barato do que o motorista. Mas é só para você ter uma idéia real do valor e comparar eventualmente também com o trem.
    Boa viagem!
    Abs
    Barbara

  13. Olá Bárbara, conheci você pelas excelentes dicas que tem ajudado aos brasileiros que desejam conhecer essa Itália maravilhosa.
    No meu caso, infelizmente, o pedido de ajuda é bem diferente.
    Appós o falecimento de minha sogra em cidade próximo a Barga, ficou uma série de objetos e móveis que por mais que tenha procurado, não localizei nenhuma loja de compra e venda de coisas usadas.
    Preciso desocupar o imóvel e em julho, quando estive por ai, o tempo não foi suficiente para sair em busca desses comércios.
    Poderia me ajudar, pois preciso retornar no final de novembro para deixar tudo em ordem.
    Agradeço qualquer dica que possa dar a respeito.

  14. Oi Cler, tudo bem?
    Existe a possibilidade de fotografar tudo o que você quer vender e colocar à venda online em um site como Subito.it , a única coisa é que é uma solução demorada.
    Perto de Barga não sei se existem lojas do gênero, mas se você não achou, uma alternativa é doar tudo para a igreja mais próxima.
    Dá uma pesquisada na internet usando termos como “svuota cantina”.
    Espero ter ajudado com alguma idéia. Um abraço e boa sorte, Barbara

  15. Olá!
    Eu e meu marido vamos a Roma em abril. Eu piloto moto e queria muito alugar uma scooter para circulação local. Você tem algum artigo sobre o assunto? Sabe qual é o procedimento, se vale a pena, se é caro, como funciona o estacionamento?

  16. Boa tarde.
    vamos ir a Italia em maio, Queremos ir ao norte da Italia, passando por varias cidades. Melhor alugar um carro ou em trem?
    Obrigada

  17. OI Edna,
    Depende do itinerário. Que cidades você pretende visitar, qual o seu budget, com quantas pessoas você viaja?

  18. Olá, Barbara.
    Irei à Toscana em Setembro. Passarei 9 dias, sendo que terei como base Florença, e pretendo visitar: Certaldo, Vinci e Fiesole, Pienza, Pisa e Lucca, Arezzo e Cortona, Chianti, San Gimignano e Siena e Val D’Orcia. O que você indicaria??? Tendo a achar que circular por todos esses lugares, de carro, pode sair mais caro que transporte público, considerando o combustível, os pedágios e os estacionamentos… De trem e ônibus é fácil se locomover pela Toscana??? Indica algum site brasileiro com linhas de ônibus e trem? Obrigada!

  19. Oi Valéria, tudo bem?
    Para passear por Chianti, Val d’Orcia e algumas cidades que você mencionou a melhor alternativa é o aluguel de carro porque nem sempre existe transporte público direto e, principalmente, com saídas frequentes.
    Ou você cria um roteiro baseado em cidades onde existe estação de trem (consulte o site da trenitalia.it) ou você aluga um carro. 🙂 Não existe nenhum site brasileiro com linhas de ônibus e trens italianos, que eu saiba. Mas aos poucos vou criando conteúdo útil aqui no Transportes na Italia, fica de olho. Um abraço, Barbara

  20. Boa tarde. Pretendo alugar um carro em Milao ,ir a Verona,subir ate Bolzano,e depois devolver ocarro em Veneza, onde pretendemos ficar tres noite.
    Gostaria que voçê pudesse me ajudar a organizar este roteiro.
    Agradeço antecipadamente sua atenção.

  21. Ciao Barbara, somos apenas 2 adultos e penso ir de Roma a Sicília de trem. Existe um tipo de passe para poder usar os trens por um período de tempo. Qual o nome ? Qual vale mais a pena? Grata

  22. Oi Angel,
    Se você vai direto de Roma até a Sicília de trem, sem ir parando em diversas cidades no meio do caminho para fazer turismo, eu sugiro que você compre a passagem diretamente no site oficial da Trenitalia. Pesquisando com algumas semanas/meses de antecedência você consegue achar ofertas especiais e economiza. Os passes de trem são indicados para fazer várias viagens e não uma única rota.
    Outras opções para ir até a Sicília de Roma é de avião ou de balsa, você pode pesquisar preço saindo do porto de Civitavecchia até a Sicilia neste site: http://www.siciliamare.info/traghetti-sicilia/
    Um abraço,
    Barbara

  23. Marcio,
    Você pode organizar o roteiro com a ajuda do Google Maps. Ele é uma mão na roda para indicar as melhores estradas, quanto você gasta com pedágios e combustível. Eu também uso bastante o TomTom Italia, porque me avisa quando tem radar (tenho o pacote especial radares). Aqui tem sempre um radar quando a gente menos espera!
    Sobre o que fazer nas cidades, reserva de hotéis, sugiro que dê uma pesquisadinha no site http://www.brasilnaitalia.net
    Um abraço
    Barbara

  24. Barbara, excelente post, como sempre!
    Gostaria de saber o que acha no meu caso, carro ou trem? Vou com minha esposa em agosto, alto verão, e estou cogitando o carro apenas para o trecho Nápoles – Positano, para que eu circule com mais liberdade entre as cidades da costa amalfitana (sobre para Amalfi, Sorrento, talvez Pompeia, etc), pois dizem que nessa época os ônibus são lotados, demoram mais pra chegar nas paradas e lembrando que é um tremendo calor. Ocorre que pagaria muito nos estacionamentos e dentro das cidades só andaria a pé mesmo. O que você acha?

  25. Aliás… a pergunta é: carro ou transporte público (ônibus e barco). Também pretendemos ir a Capri, mas sei que nesse caso só de barco.

  26. Oi Joaquim, tudo bem?
    Se o budget permitir eu acho melhor ir com um transfer particular porque estacionar o carro no verão não é tão simples e custa caro (a menos que o seu hotel ofereça um estacionamento gratuito o que seria uma ótima coisa). Para os deslocamentos entre as cidades eu acho mais agradável fazer de barco, obviamente se as condições do mar permitirem, mas em agosto o tempo costuma ser ótimo.
    Qual a sua cidade base? Aqui tem algumas dicas de Positano: http://www.positano.com/pt/como-se-locomover
    E aqui se você optar por Sorrento, próxima a Costa Amalfitana: http://www.sorrentoinsider.com/pt/como-se-locomover-em-sorrento-italia
    Se você procura um transfer com motorista que fala português entra em contato com o Carlos da Elmocar, ele é fera e tem preços bem justos e razoáveis: http://transporte.brasilnaitalia.net/elmocar-transfer-roma/
    Abs Barbara

  27. Barbara, adorei os posts, tenho uma duvida que se puder me ajudar te agrade;o, desembarco dia 11/6 do cruzeiro em Veneza e pego um voo para PARIS de Bolonha, gostaria de conhecer Verona, pensei em alugar um carro, Saindo de Veneza ate Verona, e de Verona ir para Bolonha, para pegar o voo no dia 13, somos duas amigas, e facil estacionar em Verona e em Bolonha? Essas estradas sao boas? Esta perto a viajem, so preciso decidir se alugo um caro ou faco de trem.
    obrigada,
    Li em um post seu indicando um site para venda de moveis, estou buscando um site de venda de imoveis do Brasil ai na Italia e nao estou conseguindo achar, sabe de algum?

  28. Oi Lucy,
    As estradas são boas sim, mas no centro de Bolonha por exemplo existem áreas onde carros não circulam.
    Tudo depende do que vocês querem fazer: se o objetivo é só dar uma voltinha no centro o trem pode ser mais confortável. Já se vocês estão com muitas malas, querem ter liberdade de parar quando quiserem, o carro é mais indicado.
    Sobre site de imóveis na Itália o mais famoso é o casa.it depois tem também o immobiliare.it
    Um abraço
    Barbara

  29. Olá Barbara,
    Será que vale a pena alugar um carro de Veneza a Milão e para em Verona e Sirmione?
    Detalhe: seria na segunda quinzena de Dezembro.
    A estrada é boa? e as condições de tempo. Complicado?

  30. Olá Bárbara, estou com um bárbaro dilema. Terei com minha noiva 12 dias disponíveis na Itália, sendo que faço questão de pelo menos 05 de moto. O mês é problemático quanto ao clima, pois seria em Novembro e o trecho de moto escolhido seria a Sicília. Seria entre os dias 08 e 20 de novembro, de modo que 5 dias de moto e mais 07 em outra rota. Estou numa dúvida terrível por conta do clima na Sicília. Qual a sua sugestão para esse período? Existe uma outra região favorável para um tour de moto, mesmo que em menos tempo? Obrigado. O que me interessa são paisagens e lugares históricos, de modo que na Sicília eu não faço questão de banhos de mar.

  31. Cuidado com as ZTL!
    Oi Bárbara, parabéns pelo site e pelas várias dicas importantes. Acho que importante colocares “a necessidade de identificar as ZTL” entre as desvantagens. As Zonas de Tráfego Limitado estão presentes em muitas cidades (nas principais, com certeza). São áreas centrais proibidas ao tráfego de pessoas não autorizadas (nós) sinalizada apenas por placas (sem cancelas) e vigiadas por câmeras (que multam). Temos que ficar muito atentos, pois elas variam conforme o horário e dias da semana (às vezes temos que descer do carro e perguntar se é proibido transitar por ali). Mesmo o GPS pode nos levar direto a elas, então, quem for de carro (experiência maravilhosa principalmente na Toscana), dê uma boa pesquisada nas ZTL. Fica a dica.
    Um grande abraço, boas viagens a todos e muita felicidade!

  32. Olá Barbara
    Eu e 3 amigos meus vamos visitar Firenze (4 dias) e Roma para (3 dias) e uma ou outra cidade em setembro . Estamos pensando em alugar um carro. Vamos ficar hospedados em apartamento alugado. Neste caso, compensa alugar carro?Onde são os melhores lugares para estacionar? Pretendemos visitar os principais monumentos / Museus , exceto Vaticano.
    amavelmente
    Rita Pereira

  33. Olá Barbara!

    Estou pensando em comprar um chip de celular com número italiano para usar a internet aí na Itália. Tem sugestão de alguma operadora/plano focado em dados?

    Valeu!! Ah! Parabéns pelo site. Dicas preciosas!!

  34. Olá Barbara!

    Eu e minha namorada vamos para a Itália em Março e gostaríamos de alugar um carro para percorrer as seguintes cidades: No último dia de Roma pegaríamos um carro (pq sabemos do trânsito caótico), iríamos para Florença, Bologna, Veneza, Verona, Milão… Você acha que conseguimos fazer tudo isso em 11 dias e de carro? O tempo é suficiente para todas essas cidades? Veneza eu consigo transitar de carro?

    Muito obrigado pelas dicas

  35. Bom dia,
    estarei indo para a Italia em fev/marco,com minha esposa , desço em Milan e vou para a Toscana,,, depois Roma e a costa Malfitana,,,, depois retorno para Milan. Minha duvida e sobre alugar um carro ou um motorhome,,, tenho receio de locais que não possa entrar de motorhome. O que Vc me indicaria ?? obrigado.

  36. Olá Bárbara!
    Obrigado pelas dicas!
    Tenho uma dúvida: irei para a Itália passar o final de ano/virada com minha família (esposa e filhas pequenas), passeando desde Milão até Roma, Assis e Firenze. É provável que precise levar malas grandes, porém percebo que a maioria das pessoas aluga carros pequenos, devido a dificuldade de transito. Porém eles não comportam muitas malas e/ou malas grandes. Quero alugar uma minivan. A dúvida é: a diferença entre carros maiores e pequenos para rodar nessas cidades é tão grande assim, que inviabiliza alugar uma minivan?

  37. Bom dia, Bárbara!
    Adorei o post! Vou até salvar nos meus favoritos para poder navegar pelos outros assuntos do site.
    Estou montando uma viagem para a Itália com minha esposa. Minha intenção é conhecer Roma, Nápoles, Pompéia, Florença, Toscana, Pisa, Cinque Terre, Veneza, Verona e Milão.
    Desde o começo pensei em alugar um carro, como já fiz em outras viagens. Adoro dirigir, parar onde quero, não depender de transporte público…. Será que vale? Minha dúvida é, vou conseguir estacionar tranquilo nestas cidades? Tenho como conhecer todas elas utilizando o transporte público? É eficiente na Itália? O que sugeres?
    Obrigado desde já!
    Parabéns mais uma vez!

  38. Olá Leonardo,

    Estacionar tranquilo é uma expressão que depende do ponto de vista: na Italia existem estacionamentos a pagamento e você pode parar seu carro tranquilo, a questão é quanto vai gastar. Você pode checar se o hotel que você quer reservar oferece estacionamento grátis ou tem já algum convênio, assim você tem certeza que vai parar o carro em um lugar perto do hotel.

    As cidades que você mencionou podem ser facilmente visitadas com o trem, inclusive os trens de alta velocidade fazem as rotas Nápoles – Roma – Florença – Milão – Veneza na metade do tempo do carro. Mas se para algumas pessoas é super prático, quem viaja com pessoas idade com dificuldade de locomoção ou muitas malas pode não gostar de ter que ficar caminhando nas estações de trem com a bagagem…

    Você pode usar as grandes cidades como base e fazer excursões em grupo ou particulares. Veja aqui por exemplo:
    – passeios saindo de Roma: http://guias.brasilnaitalia.net/tours-saindo-de-roma/
    – passeios saindo de Florença: http://guias.brasilnaitalia.net/tours-saindo-de-florenca/

    Também dá para usar o transporte público para fazer as excursões por exemplo de Florença para Pisa, Cinque Terre, vinícolas, mas nem sempre compensa. Muitas vezes os tours em grupo são muito mais econômicos porque incluem transporte, guia, alimentação por um preço fechado mais barato. Aí vai depender do seu estilo de viajante: tem gente que não gosta de excursão, tem outros que preferem otimizar o tempo com os passeios já organizados, que facilitam bastante.

    O transporte público na Itália é razoável, não é perfeito, nem sempre é pontual, sem sempre é confortável (os ônibus da cidade às vezes ficam lotaaados), mas claro, dá para usar.

    Bem, o que precisar é só falar,

    abs

    Barbara

  39. Obrigado pelas dicas! Excelente! Além de rápida, super detalhada. Adorei!
    Não curto tour em grupo, excursão, essas coisas. Gosto de fazer meu roteiro sabe.
    Minha dúvida é se eu não alugar carro, por exemplo, chegando numa dessas cidades, como Florença, Veneza… para ver e visitar os pontos mais interessantes, como faria? De táxi? A pé? Aqui, em Floripa, se fosse depender do táxi ou transporte público dentro da cidade tava f…. preferia mil vezes um carro, mesmo que pagasse mais, se é que me entendes.
    Pelo que entendi, do carro, sugeres pegar um hotel bem localizado, para deixar o carro estacionado nele e poder circular a pé.
    É tanta coisa…. preciso ler mais. Obrigado por enquanto.

  40. Wladmimr:

    Sim, é possível alugar carros maiores, SUVs, você pode pesquisar os preços por exemplo aqui: http://www.rentalcars.com

    Uma vez enquanto meu carro estava na revisão me deram uma Citroen C5 e achei ótimo o porta malas, se você estiver em poucas pessoas recomendo um carro do gênero.

    Lembre-se que na Italia existe um imposto chamado ZTL cobrado pelas principais cidades turísticas para veículos com uma capacidade superior a 10 pessoas se não me engano. Para não errar alugue um van para até 8 pessoas.

    Depois me conta como foi!

    Abs

    Barbara

  41. Leonardo:

    Depende do seu roteiro.
    Se você quer explorar a Toscana, pode até pegar um hotel fora do centro de Florença, ir até Florença com o shuttle do hotel (se existir um) ou então de táxi (eles ligam e pedem) e nos outros dias sair diretamente para explorar as diversas cidadezinhas da Toscana.

    Ou simplesmente usar o transporte pública: em Veneza tem o barco público e os táxi-lancha (que são caros), em Florença pode ser o ônibus ou táxi, em Roma o ônibus, metrô ou táxi. Em Roma tem tudo mastigatinho aqui: http://transporte.brasilnaitalia.net/roma-transporte/

    Abs

    Barbara

  42. Tomaz: nunca usei um motorhome e não tenho muita experiência. Certamente não pode estacionar em qualquer lugar. O ideal é que você procure associações dos motorhomes pelo mundo ou algo do gênero já com dicas de onde parar, etc. Depois me conta como foi a experiência e compartilhe aqui com outros viajantes. Abs

  43. Oi Barbara, como é a primeira vez que pretendo dirigir na Italia, pergunto, essas ZTL estão em todas as estradas? Pretendemos fazer um roteiro saido de Mestre, indo até cortina d’ampezzo e rodando basicamente nesta região voltando para Veneza, existe muitas ZTLs nestas estradas de cidades pequenas no norte da Italia?
    Outra pergunt, será que pagando é possível deixar uma mala com superfluos na locadora do carro, ja que voltaremos para devolver?
    Ficarei grato pela sua atenção.

    Arcelino

  44. A ZTL não estão nas estradas (aquelas que ligam cidades), mas nelle strade (nas ruas) das cidades.
    A ZTL (Zona Traffico Limitato) geralmente existe no centro de cidades históricas e turísticas. Geralmente existe um semáforo ou um cartaz que indica que o acesso é limitado a determinados horários ou tipos de veículo (por exemplo táxis e motorista particular NCC pode entrar, mas carro normal não).
    Recomendo que ligue antes para o hotel para perguntar como é o acesso, se for em área ZTL se existe a possibilidade de liberar a entrada do carro (em Florença por exemplo liberam por 1 hora na chegada e na saída: eles informam a placa do seu carro em um sistema eletrônico para dar autorização naquele determinado período de tempo).
    Sobre a mala na locadora não saberia te dizer. Melhor ligar diretamente para saber com a empresa que você for alugar.
    Boa viagem
    Barbara

TEM ALGUMA DÚVIDA OU QUER COMPARTILHAR SUA EXPERIÊNCIA?

Please enter your comment!
Please enter your name here