Existem diversas opções de transporte até Siena e cada uma tem suas vantagens e desvantagens: ônibus, trem, carro alugado, motorista particular ou mesmo uma excursão organizada. Aqui você encontra as explicações detalhadas e preços de cada alternativa. Escolha a que mais combina com você e bom passeio!

piazza-del-campo-siena

1 – Ônibus público

A estação de ônibus de Florença fica próximo a estação ferroviária Santa Maria Novella na Via Santa Caterina da Siena, 7. Não é facilíssimo encontrá-la porque ela fica em uma rua secundária dentro de um edifício. Recomendo que ao descer do trem, com a plataforma às suas costas, pegue a saída da direita e peça indicações para a Autostazione.

Dica: compre a passagem online ou na estação por Euro 7,80 o trecho porque dentro do ônibus ela é mais cara (sai por Euro 10,00 o trecho).

Existem duas linhas de ônibus extraurbanos para Siena, uma rápida e outra ordinária. A rápida, linha 131R, é um ônibus que vai direto de Florença a Siena sem paradas intermediárias e a viagem dura aproximadamente 1 hora e 15 minutos.

A ordinária é a linha 131O e pára em duas cidadezinhas antes de chegar em Siena e portanto a viagem é um pouco mais demorada: dura uma hora e meia.

O ônibus vai te deixar na Piazza Gramsci, mais próxima ao centro histórico do que a estação de trens. Embaixo da praça fica a bilheteria, onde você pode pedir informações, encontra banheiros públicos e um depósito de bagagem.

Você pode conferir o horário dos ônibus aqui.

2 – Trem

Uma passagem de trem de Florença para Siena custa pouco mais de 9 euros e dura aproximadamente 1 hora e meia. Você pode pesquisar horários e preços aqui. Lembre-se de digitar “Firenze” para Florença e Siena para Siena.

A estação de Siena não fica exatamente no centro de Siena: você pode pegar a escada rolante (risalita Stazione – Antiporto – Porta Camollia) que leva até o centro de Siena ou então comprar uma passagem de ônibus em um tabacchi. Uma caminhada da estação até a Piazza del Sale leva aproximadamente 15 minutos (ou meia hora até a Piazza del Campo).

3 – Carro alugado

Para quem tem o sonho de dirigir pelas estradinhas da Toscana, nada mais indicado do que alugar um carro. Você escolhe o horário de sair, para onde quer ir, quanto tempo quer ficar em cada lugar: enfim tem liberdade total de curtir a viagem como quiser, sem muitos programas.

Faça aqui um orçamento de aluguel de carro na Toscana para o período da sua viagem!

Existem diversas locadoras de carro em Florença e o preço varia de acordo com a época da viagem. Ao valor do aluguel do carro você deve adicionar o combustível: leve em consideração que a gasolina (benzina, em italiano) em Florença custa por volta de Euro 1,35 / litro. Você gasta menos em postos de gasolina com opção self-service onde você tem que colocar o combustível sozinho. Para quem não está acostumado a encher o tanque sozinho eu recomendo a opção “servito” (co serviço) que custa alguns centavos a mais e está disponível normalmente apenas em horário comercial (9:00-13:00 e das 15:00-17:00).

Siena está a aproximadamente 75 km de distância de Florença e a viagem direta sem paradas leva em torno de 1 hora e 10 minutos.

Recomendo ainda atenção aos radares, que em italiano se chamam “autovelox”. Digamos que não dá para viajar tão distraído quanto a gente gostaria porque se der bobeira leva multa. Por via das dúvidas ligue o TomTom com o pacote de Radares de Velocidade. É um ótimo investimento!

Chegando na cidade esqueça a idéia de passear no centro de Siena de carro: existe uma coisa chamada ZTL (Zona Traffico Limitato) que, como o nome sugere, limita a circulação de veículos em determinadas áreas do centro histórico e também em determinados horários. Exceção feita apenas para determinados tipos de veículos com autorização especial como por exemplo táxis, ambulâncias, carro de polícia, carro de pessoas com deficiência física, etc. Entender as placas não é facilíssimo e geralmente existem câmeras que multam se você passar onde não pode.

Você poderá estacionar o carro em uma das vagas à pagamento na rua (valor por volta de Euro 1,50 / hora das 08:00 às 20:00) ou em dos vários estacionamentos de Siena.

4 – Carro de luxo com motorista particular

A opção mais confortável é sem dúvida nenhuma um motorista particular que vem te buscar no seu hotel em Florença e te leva até Siena, seja para um simples serviço de transfer Florença-Siena como para um passeio de um dia com retorno a Florença no final do dia.

Você pode organizar tour de carro saindo de Florença até Siena com assistente turística que fala português. Peça um orçamento personalizado aqui.

Você não precisa se preocupar com nada além de se divertir a aproveitar a viagem: pode decidir o horário que deseja sair e existe a opção de ser ciceroneado por motorista que fala português.

5 – Excursão em grupo

As excursões em grupo são ideais para quem procura praticidade e quer visitar várias cidades. Além de não precisar se preocupar com as diversas etapas da viagem, os preços ainda são muito convenientes. Na ponta do lápis, organizar a viagem sozinho pode sair mais caro e mais estressante.

Dica: o  tour em grupo para Pisa, Siena e San Gimignano inclui transporte em ônibus gran turismo, assistente turístico multi-línguas, visita livre de Pisa e San Gimignano, almoço na fazenda, tour guiado em Siena com guia profissional e ingresso na catedral de Siena por apenas 80 euros por pessoa.

 

Se você gostou das dicas do artigo compartilhe com seus amigos!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorEstacionamentos em Siena: preços e informações
Próximo artigoTransporte em Siena

Barbara Bueno é uma jornalista brasileira que mora em Florença desde março 2005. Foi para a Toscana em busca das suas origens italianas. Em janeiro de 2007 criou o BRASIL NA ITALIA. Já trabalhou como content manager para a Regione Toscana, atualmente colabora com a agência Caprionline.